DIY : Terapia, eu pensei… – Tioni Oliveira – Medium

No último final de semana eu resolvi fazer uma mesa de madeira. Não “tentar” fazer, resolvi fazer.

Acordei no sábado pela manhã, e pensei em rabiscar no papel as medidas para as madeiras que eu precisaria para produzir um móvel semelhante ao que tinha visto há alguns dias em uma loja, por R$ 179,90. Sabe aquelas “mesas de boteco” bem simples que você pode fechar pra deixar em um canto quando não está usando? Pois bem… era muito fácil, eu não precisava de projeto.

R$ 27,00

Abri a calculadora, e resolvi este problema de falta de projeto. Fui até uma madeireira que fica há umas 4 quadras. Lá gastei R$ 27,30. Depois comprei alguns parafusos e dobradiças (pois ela devia fechar) em uma loja de acessórios para marcenaria e foram mais R$ 12,00. Em casa tinha o pigmento para tingir e o selador usado para dar acabamento no trabalho (que sobrou de um outro job feito há alguns anos).

Bem, eu gastaria menos de R$ 50,00 (bem mais barato que a mesa original), mas a ideia era a fuga da rotina, sair da frente do computador e produzir algo palpável e útil.

Nem tudo são flores

Furadeira, serra tico-tico e lixadeira à postos. Comecei a medir e marcar as madeiras perto das 11h da manhã de sábado, e não errei nenhum corte.

Tampo de madeira com 800kg (aproximadamente)

A primeira parte que finalizei foi o tampo da mesa, perto das 17h… depois de fazer alguns furos que ficaram sem parafuso (não tive tanta sorte nos furos quanto nos cortes).

Confesso que até este momento a terapia não estava melhorando meu espírito de “colocar a mão na massa”, mas também não estava piorando meu humor. Até que comecei a fazer os pés da mes…

Devia ter rabiscado o papel

Nem é tão complicado… mas é.

Já era domingo de manhã, e eu decidi estar aqui, com a lixadeira te perturbando (caso você seja meu vizinho). Neste ponto as dobradiças já não faziam sentido pois eu havia desistido de fazer a mesa fechar, em razão do tampo que ficou umas 3 vezes mais pesado do que eu imaginei pois usei uma tábua de 15mm com um acabamento lateral, e não uma simples de 10mm.

A serra que eu tenho não corta madeira com mais de 40mm, e a madeira para os pés tem 45mm: meu serrote trabalhou também.

Quase pronto, só faltava todo o resto.

Falando agora parece simples, mas você não faz idéia de como um buraco na madeira que tem 1mm menor do que deveria pode fazer com o psicológico de quem está tentando encaixar aquela porcaria às 21h do domingo.

Desmonta o tampo, corta a madeira, parafusa o tampo, não consegue encaixar os pés, desmonta o tampo…

E depois que consegue encaixar, lembra que esqueceu de passar a cola.

Pronta para pintar.

Enfim, no início da manhã de segunda-feira (hoje), só faltava pintar. E nesta etapa deu tudo certo (sou melhor pintor do que carpinteiro).

Pigmento para tingir + selador.
FINISH! Não vendo!

A mesa está pronta, e ficou até bonita… e bem pesada. Agora só resta saber o que fazer com ela, pois a gente não precisava de uma mesa aqui em casa.
¯_(ツ)_/¯

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here