DIY : DIY Tapete Sensorial – Tamires Romano – Medium

Fazia um tempão que eu não escrevia um tutorial pra ensinar como fazer algum trabalho manual. Pra começar o artigo, pra quem não conhece a sigla, DIY significa “Do it yourself”, ou “faça você mesmo”.

Eu sou dessas que ama um trabalho manual. Além de fazer Pedagogia e ter um amor infinito por papelarias desde sempre, faço bijuterias há uns 20 anos, bordo e adoro tudo que é arte feita com as mãos.

Já ensinei a fazer um quadro de String Art em outro artigo:

Antes de explicar os materiais do tapete, peguei este trecho (fonte: https://www.facebook.com/248187311946319/posts/662382313860148/ ) que explica os benefícios de estimular os sentidos de bebês e crianças:

O Tapete Sensorial é um recurso pedagógico que contempla um importante trabalho com os sentidos das crianças, na educação infantil. O contato com texturas, cores, formas e materiais diversos desenvolve e aprimora a percepção das crianças acerca de suas habilidades sensoriais e sua relação com o mundo, além de ampliar de forma atrativa o repertório de imagens, elementos e vocabulário.

Se você tem contato com um bebê e deseja criar um tapete sensorial sozinha, fica tranquila que é bem fácil. Vamos lá!

Vou colocar os materiais que eu usei e, ao lado, o preço que paguei em cada um deles. Tirando o EVA, que comprei na Caçula aqui no Centro de Niterói, os outros tecidos e as fitas de pompom comprei no Entrelinhas, armarinho que fica na Rua Visconde do Uruguai, 387. Caso vá até a loja, eles ganham por comissão, então procure pelo Antônio, que foi super atencioso comigo.

MATERIAIS:

  • 1,5m de TNT preto para a base do tepete ( já tinha);
  • Emborrachado com estampa de mãozinhas (R$ 8,35 – meio metro);
  • Eva texturizado (R$ 5,10);
  • Manta térmica aluminiun (R$5,94 – meio metro);
  • Acrilon branco (R$ 2,44 - meio metro);
  • Juta dourada (R$ 6,11 – meio metro);
  • Grelô pequeno (fitas coloridas com pompons) (R$ 5,84 – comprei meio metro de cada cor, totalizando 3,5m);

Pistola de cola quente (R$14,56);

Refil cola quente; e

Tesoura.

COMO FAZER:

  • Recorte os tecidos no tamanho que acha bom para cobrir o TNT preto.
  • Especificamente no caso do Acrilon, eu dobrei o tecido no meio e fiz duas camadas. Pensei que caso colasse uma camada só direto no TNT, o preto ia transpassar o branco do Acrilon. Por isso cortei duas camadas do mesmo tamanho e colei uma à outra pra dar uma textura mais grossa de algodão e a cor ficar mais bonita.
  • Cole o retângulo de tecido no TNT usando a pistola de cola quente.
  • No caso do EVA, colei só nas extremidades. Quando fui colar a manta térmica, como ela é muito armada, colei algumas partes no meio também. Dessa forma ela ficou mais esticada e mais firme ao TNT.
  • Depois de colar os tecidos e o emborrachado, cole com cuidado a o grelô para dar um acabamento às interseções de texturas.

O resultado é esse:

Você pode cortar os tecidos em pedaços menores e fazer tipo uma colcha de retalhos, com maior variedade de texturas.

Caso queira trabalhar a coordenação motora da criança, você pode costurar botões, miçangas e canutilhos aos tecidos, adicionar um zíper para que ela aprenda a abrir e fechar, colocar um cadarço para ensinar a dar um nó. São inúmeras as possibilidades!

Um aplicativo que eu uso muito para ter ideias sempre que quero fazer algum trabalho manual é o Pinterest. Crie uma pasta de ideias de Tapete Sensorial e misture como quiser.

Se você gostou deste tutorial e gostaria que eu fizesse de outros materiais pedagógicos, é só entrar em contato comigo em qualquer uma das minhas redes sociais.

Se você não tem nenhuma habilidade manual (apesar de eu achar que todo mundo pode aprender! 😂), entre em contato para solicitar um orçamento.

Se você usar o tutorial para fazer seu próprio tapete sensorial, me manda foto que eu adoro ver quando as pessoas seguem as minhas dicas! 😍

Obrigada por ler e até o próximo artigo!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here